COMO MONTAR MINHA SABOARIA?

MATERIAL DE APOIO

Primeiramente, é extremamente importante que seja reservado um espaço aí da sua casa mesmo para a fabricação dos seus produtos.Sempre, procurando se ater a higiene do local, que o seja arejado,limpo e o fundamental que sua identidade, desta forma, poderá chamar de seu ATELIE.

Para montar seu ateliê, separamos alguns itens a ser providenciado.

  1.  Nível mobiliário

Mesa ou balcão

Um item super amigo das suas produções é esse, onde será feita todas as preparações. Não tem necessidade ser mobília nova, não tem problema – use o móvel que tiver disponível em casa ou garimpe uma mesa já usada.

Prateleiras ou armário

A organização é bastante eficaz para uma produção de sucesso.Ter prateleiras com caixas organizadoras, ou um armário com portas, é algo essencial para você guardar seus utensílios de trabalho e toda a matéria-prima. Sempre que possível, deixe tudo coberto, assim fica tudo protegido do pó e do excesso de luminosidade.

 2 –  Nível Materiais de Suporte

Panos

Na saboaria se usa muito  panos de algodão para lustrar ou tirar as rebarbas dos sabonetes após desenformá-los. Reserve umas 3 fraldas de pano (ou panos de sacaria bem macios) para realizar esta função. Deixe também um pano para limpar a bancada e outro para secar os utensílios usados.

Toalha de mão

Indubitavelmente você irá lavar as mãos por muitas vezes, principalmente ao começar seu dia de trabalho. Por isso, reserve duas toalhas pequenas, exclusivamente para o seu ateliê. Enquanto uma estiver lavando você usa a outra.

Luvas e máscara descartáveis

Ao montar uma saboaria e trabalhar com ingredientes variados, mesmo que inofensivos à pele, é preciso investir em dois principais itens de proteção: luvas e máscaras. Usar luvas descartáveis evita que você deixe marcas no sabonete e fique com as mãos escorregadias.

Já a máscara descartável deve ser usada toda vez que você estiver manipulando ingredientes com cheiro forte ou que ficam suspensos no ar, como o lauril em pó, por exemplo. Dessa forma você evita alergias.

Nivel 3-  Utensílios Essenciais

Base de corte

A base de corte, que pode ser uma tábua de vidro ou uma peça de granito, deve ser apoiada sobre o seu balcão ou mesa. Essa peça é usada para cortar a glicerinada e ainda fornece uma superfície plana para desenformar e cortar os sabonetes.

Faca

Na saboaria, a faca é usada para cortar a base antes do derretimento e também para transformar uma peça grande de sabonete em várias barras. Como a base glicerinada é macia, a lâmina não precisa ter corte.

Atenção: é extremamente importante que a lâmina seja de material que não oxide, como é o caso do inox, por exemplo.

Espátula de silicone

A espátula de silicone servirá para misturar a base, para tirar o conteúdo da bacia e para alisar o sabonete antes da secagem. Por isso, tenha ao menos três unidades – assim será possível trabalhar simultaneamente em pelo menos duas preparações.

Colheres de inox ou colheres medidoras

Você já viu aqueles kits de colheres medidoras geralmente usadas na confeitaria? Na saboaria elas também são muito úteis; servem para medir e fracionar alguns tipos de matéria-prima.

Caso não tenha essa ferramenta em casa, não tem problema. Basta reservar uma colher de sopa, uma de chá e uma de sobremesa da sua gaveta de talheres. Se puder comprar tudo novinho, melhor ainda.

Fouet

Extremamente importante o fouet , também conhecido como batedor de claras. Essa ferramenta é super útil nas preparações que precisam ficar com uma textura leve e aerada. Serve para fazer cremes corporais aveludados,chantily de sabonete e de alguns outros tipos de sabonetes.

Panela ou caneca com bico

Para derreter a base glicerinada, a matéria prima de maior importância na sua fabricação, você precisa de um recipiente esmaltado com capacidade mínima de 1,5 litros. Com ele você conseguirá derreter tranquilamente 1 kg de base e adicionar os demais ingredientes – sem risco de derramar e queimar sua base. Caso o recipiente não tenha tampa, não tem problema. Reserve um paninho limpo ou um pano de prato para fazer essa função.

Becker

Esse recipiente será muito útil para você medir as proporções  de essênciasóleos e extratos indicados nas receitas. No mercado são encontrados em todos os tamanhos. Os tamanhos mais usados são os de 100ml/250ml e 1Litro.

Bacias plásticas

Para fabricar os sabonetes você vai precisar de pelo menos uma bacia, média ou grande, ela servirá também para bater os cremes corporais. Opte pelas de fundo liso e curvo, assim os ingredientes não vão ter onde grudar , não vão cair e você poderá retirar a mistura de lá com mais facilidade.

Ralador

Tenha um ou dois raladores para fazer os sabonetes decorados: um daqueles de fatiar batatas chips (que serve para criar pétalas de rosas) e um segundo, que rala no formato de caracóis ou matinhos. Esse item você compra baratinho em qualquer loja de utensílios domésticos.

Formas

As opções de formas que podem ser usadas na saboaria são bem variadas. Além de usar bastante as caixas de 1kg  em madeira para montar as barras de sabonetes, as esferas de inox, as formas de silicone e as de acetato para moldar os sabonetes são fundamentais.

As de madeiras ao usá-las basta forrá-las com com plástico limpo antes de despejar o sabonete.

Nivel 4. Utensílios Elétricos

Fogão elétrico

O fogão elétrico é uma das suas primeiras aquisições para montar uma saboaria. Ele será usado para derreter a base glicerinada e prevenirá que a mesma se queime por sua resistência ser mais baixa a de um fogão comum. Para ter mais segurança nesse processo, adquira também um distanciador, que vai afastar a panela da fonte de calor evitando que a base ferva e queime. Um fogão elétrico de uma boca é mais que suficiente.

Mixer e batedeira

Caso queira preparar uma variedade maior de produtos, como sabonetes com textura de chantilly e cremes hidratantes, reserve ainda um mixer elétrico e uma batedeira para misturar e dar caros, geralmente aqueles baratinhos já atendem bem. 

Nível 5 Como embalar


Além dos itens necessários para montar uma saboaria, e dos frascos para envasar os produtos, você também vai precisar dos seguintes itens para caprichar na embalagem:

  • plástico (stretch, BOPP, celofane ou termoencolhível + soprador de ar quente);
  • fita adesiva (de 1 ou 2 cm);
  • fitas de tecido lisas ou personalizadas (opcional);
  • tesoura;
  • etiquetas ou rótulos com as informações do produto.

DIFERENÇA DE ÓLEOS ESSENCIAIS X ESSÊNCIAS

Um assunto muito pertinente e que confunde muitas pessoas que costumam acreditar que é a mesma coisa, mas não podem estar longe de ser diferentes! Neste post, vamos explorar suas diferenças.

COMO SÃO FEITOS?

Jovem casal com problemas. mulher confusa e homem pensando juntos ...

Os óleos essenciais são feitos de 100% de substâncias naturais e são extraídos de diferentes partes de uma planta, como flores, ervas ou raízes.

Sabe-se que esses óleos são extrações, literalmente, puras obtidas através de um processo de destilação a vapor. Às vezes, dependendo do tipo de planta, a extração pode ser muito complexa. Esses óleos 100% quer dizer que é “puros”, o que significa que não foram processados, diluídos ou manipulados de maneira alguma com solventes ou outros aditivos.

Já as essências ou fragrância são criadas em laboratório, composta de óleos vegetais e naturais, além de compostos sintéticos. E um dos seus  principais benefícios é que elas  não são voláteis, são hipoalérgicas e  duram mais que os óleos essenciais.

Cabe frisar que muitos dos produtos perfumados comerciais mais “em conta no bolso” são criados com fragrâncias sintéticas porque são capazes de reter seu aroma por períodos mais longos.

QUE TEM MAIS BENEFÍCIOS EM SAÚDE?

Sonhar com Natureza: o seu significado - My mystic land

Certamente, você já escutou falar de AROMATERAPIA correto?

Então os óleos essenciais têm diversos usos na aromaterapia com intuito de ajudar a aliviar dores musculares, problemas de pele e outras aflições corporais e mentais. Mas, para usá-lo é importante consultar um aromaterapeuta e/ou médico, já que existem restrições.

Uma das justificativas do óleo essencial ser mais valorizado que as essências é que os óleos essenciais tem seu uso para diversos tratamentos, sejam eles:

Amaciamento da pele e cabelos;

Hidratação da pele;

Erupções cutâneas;

Alívio de eczema;

Útil no alívio do estresse e da enxaqueca;

Entre uma infinidade de tratamentos…

 Os óleos essenciais também podem ser ingeridos internamente, enquanto as essências/fragrância não. Muitas pessoas aplicam óleos essenciais junto com óleos vegetais diretamente na pele ou os usam durante o banho. Outros podem aplicá-lo através de um sistema olfativo, como um umidificador.

Embora as essências traduzam sensações, quando digo sensações  quero exemplificar alguns episódios que você certamente de presenciou:

– Certamente você já abraçou alguém e sentiu mal estar com o perfume do sujeito, correto? Isso foi essência.

– Ou até mesmo, gostou muito do cheiro, e ao lembrar-se da pessoa um pequeno sorriso no canto surgiu! Isso foi essência.

– E já entrou numa loja perfumada e não quis nem sair para ser agraciado (a) pelo cheiro? Isso foi essência.

– O desinfetante que sua avó usava lhe deu dor de cabeça e/ou contrário?Isso foi essência.

São muitos exemplos, mas é perceptível que as essências traduzem sensações.

É notório, também, que as fragrâncias não oferecem os mesmos benefícios de saúde que os óleos essenciais, pois foram projetados exclusivamente para imitar um perfume.

 A natureza é complexa e os óleos essenciais são feitos mais do que apenas componentes de perfume, e é por isso que eles são tão difíceis de recriar. Quando isolamos apenas os componentes aromáticos naturais de uma planta, perdemos os benefícios potenciais que a planta poderia oferecer.

É importante salientar que cada indivíduo é diferente e há casos em que os indivíduos ainda podem ser alérgicos até mesmo aos componentes de um óleo essencial. Só porque é tudo natural, não significa que funciona para todos.

E SOBRE A DIFERENÇA DE PREÇO:

Precificação de produtos: Como fazer da forma correta

Indubitavelmente, os óleos essenciais são caros e variam de acordo com o tipo de óleo, a estação do ano e a disponibilidade do produto. Isso ocorre porque é caro plantar, cultivar, colher e destilar a planta em busca de óleos essenciais.

É super importante enfatizar que é a quantidade necessária de material vegetal para produzir até uma pequena quantidade de óleo essencial é assustador, o que não é sustentável. Vejamos o exemplo do óleo essencial de rosa, cujo preço é bastante alto porque requer um processo de extração preciso e oportuno, onde são necessárias cerca de 1000 pétalas de rosa para fazer apenas uma gota.

Já os óleos essenciais cítricos, por outro lado, tende a ser mais baratos porque são muito mais fáceis de extrair.

As essências, sem dúvidas, são bem mais barato devido à capacidade de fabricá-lo e sem necessidade de extração (geralmente um processo muito caro). Cabe ressaltar, que elas são hipoarlegenicas e para artesãos que fabricam para vendas são mais acessíveis e indicadas, já que os óleos essenciais precisam de prescrição médica. Mas, é apenas a minha opinião o que não faz de fato uma regra!

E aí? Compreendeu as diferenças dos óleos essenciais e das essências? Comente aqui…

Posso te pedir mais um favor? Se esta matéria foi útil para você, ajude-nos a divulgá-la?

COMO FAZER SABONETE DE ARGILA ROSA?

Gostamos muito de ensinar nos cursos presenciais sabonetes fitoterápicos de argilas,sempre é o maior sucesso!

A argila rosa é perfeita para peles sensíveis, pois possui uma ação de limpeza suave. Além disso, a argila tem a incrível capacidade de absorver toxinas da pele, como sujeira, maquiagem, bactérias e óleo.

O sabonete rosa de argila tem um cheiro incrível e é tão refrescante quando você acorda com seu banho matinal – aaaaah, e a espuma está fora de controle,rsrs…

Sabe-se que é exatamente,importante, entender e saber  o que está no seu sabonete e que não resseca a pele como tantos sabonetes comerciais.

Mãos a massa?

Materiais Necessários:

1kg de Base Glicerinada Branca

60ml de Essência (Uso a Harmonia)

40ml de Extrato de Rosa Mosqueta

20ml de óleo vegetal de Amendoas Doce

100ml de Lauril Líquido

2 colheres de argila rosa – Você pode adquirir clicando aqui!

Modo de Preparo:

1 º Passo

 Corte a base glicerinada em cubos (não precisa ser muito pequenos)para facilitar o derretimento. Coloque numa panela esmaltada e em seguida leve ao fogão elétrico. Não tem a base?Clique aqui e adquira!

2 º Passo
Ela irá derreter (como um leite) , fique atento para não ferver a base para que não se perda propriedades. Eu costumo derretê-la assim e quando vejo apenas uns 3 pedacinhos ainda não derretidos na panela eu desligo e mantenho na base do fogão (calor)até que se derreta sozinha, com a tampa fechada, desligue o fogão.

3º Passo

Enquanto a glicerina está na panela, totalmente, líquida e com a tampa, separe todos os produtos num copo medidor. Assim que você conseguir poupar a panela com as mãos, retire do fogão e “tempere” a base com os ingredientes separados. Use Um fue até misturar o pó de argila rosa e posteriormente use a espátula.

.
Dica: O uso do lauril não é obrigatório nessa receita, mas se você gosta daquele efeito de espuma na hora do banho, adicione o produto à base.


4º PassoNeste momento se torna necessário que você mecha em torno de uns poucos minutos(+- 5 minutos ), para que a base comece a esfriar e assim o pó de argila seja completamente incorporado ao sabonete, ao contrário, com a base mais quente o pó irá precipitar e ficar apenas no fundo do sabonete. 


Dica: Se quiser dar uma cor ao sabonete, coloque corante cosméticos na “hora do tempero”!

5º Passo

Adicione numa forma de madeira 1kg ou em formas menores o sabonete. Ademais, aguarde endurecer e finalize cortando, em torno de 2 dedos, cada fatia.

Viu como é um passo a passo simples?

RECEITA – SABONETE ARTESANAL DE ENXOFRE

Um dos sabonetes que é sucesso total em vendas chama-se: SABONETE DE ENXOFRE.

Image result for ENXOFRE

Além de diversos benefícios para sua pele, o enxofre colabora com o tratamento da pele acneica. A acne é uma condição comum que afeta milhões de pessoas e pode ser difícil de tratar com produtos químicos atualmente no mercado. O enxofre é usado há décadas para secar e prevenir manchas de acne. Adicione enxofre aos sabonetes artesanais para limpar a pele sem inflamar com os ingredientes químicos não naturais encontrados na maioria dos sabonetes.

Vamos a receita?

Materiais Necessários:

1kg de Base Glicerinada Branca

60ml de Essência (Uso a Big Fragance)

60ml de Extrato de Leite de Cabra

20ml de óleo vegetal de Semente de Uva

140ml de Lauril Líquido

1 colher de chá de pó de Enxofre

Modo de Preparo:

1 º Passo

 Corte a base glicerinada em cubos (não precisa ser muito pequenos)para facilitar o derretimento. Coloque numa panela esmaltada e em seguida leve ao fogão elétrico.

2 º Passo
Ela irá derreter (como um leite) , fique atento para não ferver a base para que não se perda propriedades. Eu costumo derretê-la assim e quando vejo apenas uns 3 pedacinhos ainda não derretidos na panela eu desligo e mantenho na base do fogão (calor)até que se derreta sozinha, com a tampa fechada, desligue o fogão.

3º Passo

Enquanto a glicerina está na panela, totalmente, líquida e com a tampa, separe todos os produtos num copo medidor. Assim que você conseguir poupar a panela com as mãos, retire do fogão e “tempere” a base com os ingredientes separados. Use Um fue para misturar o pó de enxofre.
Dica: O uso do lauril não é obrigatório nessa receita, mas se você gosta daquele efeito de espuma na hora do banho, adicione o produto à base.


4º Passo
Neste momento se torna necessário que você mecha em torno de uns poucos minutos(+- 5 minutos ), para que a base comece a esfriar e assim o pó de enxofre seja completamente incorporado ao sabonete, ao contrário, com a base mais quente o pó irá precipitar e ficar apenas no fundo do sabonete. 
Dica: Se quiser dar uma cor ao sabonete, coloque corante cosméticos na “hora do tempero”!

5º Passo

Adicione numa forma de madeira 1kg ou em formas menores o sabonete. Ademais, aguarde endurecer e finalize cortando, em torno de 2 dedos, cada fatia.

Ofereça ao seu cliente o uso de cremes faciais hidratantes, visto que o enxofre pode deixar a pele seca.

Viu como é um passo a passo simples?

Em pouco tempo você aprendeu como fazer sabonete de enxofre.

Bárbara Mendes Caminhas

COMO FAZER UM SABONETE FITOTERÁPICO DE LAVANDA?

Esta receita de sabão de lavanda é rápida e simples de montar e tem um cheiro divino! Uma ótima ideia de presente! 
Sabonetes fitoterápicos são definidos assim, porque são obtidos a partir de derivados vegetais que adicionamos ao sabonete.

Eu amo sabonetes artesanais. Sempre que vou uma feira de artesanato, sou atraída pelas barras de sabonetes maravilhosamente apresentadas, principalmente os que contém ervas, as quais, são excelentes para nossa pele, visto que tem funções antissépticas e anti-inflamatórias. Logo, limpam a pele sem retirar a hidratação natural dela. 
Muitos que nunca fizeram sabonetes, pensam que é muito complicado fazê-los em casa.
Enganam-se, já que Hoje em dia, com as bases glicerinadas qualquer pessoa pode fazer sabonetes bonitos em casa (e eles são muito mais baratos também!)
Image result for sabonte de lavanda

Materiais Necessários para fabricação:

 ✔️1kg de base glicerinada branca
✔️80ml  de essência (60ml de Lavandin +20ml de Tênue) Clique aqui para adquirir suas essências.

✔️2 colheres de ervas desidratadas – a lavanda em flor (use as ervas que preferir ou as que tiver em casa)

✔️60ml Extrato de Aloe Vera

✔️80 ml de lauril líquido (apenas se quiser que o sabonete dê mais espuma

Modo de Preparo:


1 º Passo

 Corte a base glicerinada em cubos (não precisa ser muito pequenos)para facilitar o derretimento. Coloque numa panela esmaltada e em seguida leve ao fogão elétrico.


2 º Passo
Ela irá derreter (como um leite) , fique atento para não ferver a base para que não se perda propriedades. Eu costumo derretê-la assim e quando vejo apenas uns 3 pedacinhos ainda não derretidos na panela eu desligo e mantenho na base do fogão (calor)até que se derreta sozinha, com a tampa fechada, desligue o fogão.


3º Passo

Enquanto a glicerina está na panela, totalmente, líquida e com a tampa, separe todos os produtos num copo medidor. Assim que você conseguir poupar a panela com as mãos, retire do fogão e “tempere” a base com os ingredientes separados. 
Dica: O uso do lauril não é obrigatório nessa receita, mas se você gosta daquele efeito de espuma na hora do banho, adicione o produto à base.


4º Passo
Neste momento se torna necessário que você mecha em torno de uns poucos minutos(+- 5 minutos ), para que a base comece a esfriar e as ervas possam aderir ao sabonete todo, ao contrário, com a base mais quente as ervas irão precipitar e ficar apenas no fundo do sabonete. 
Dica: Se quiser dar uma cor ao sabonete, coloque corante cosméticos na “hora do tempero”!

5º Passo

Adicione numa forma de madeira 1kg ou em formas menores o sabonete. Ademais, aguarde endurecer e finalize cortando, em torno de 2 dedos, cada fatia.

Adquire suas formas clicando aqui.

Viu como é um passo a passo simples?

Em pouco tempo você aprendeu como fazer sabonete de lavanda … e lembre-se que poderá fazer com outras ervas desidratadas, como: Alecrim, Calêndula e outras…

Bárbara Mendes Caminhas

PORQUE TRABALHAR COM A SABOARIA ARTESANAL?

É notório, como dito antes, que o sabonete é um produto essencial em praticamente todas as casas do mundo – o que de fato compreendemos que o número de pessoas interessadas em comprar esse produto é bastante alto.

Ademais a demanda por sabonetes sempre será elevada. E, hoje em dia, há um considerável crescente por sabonetes  produzidos de maneira artesanal.

Uma pesquisada rápida no Google Trends nos mostra que, de fato, o interesse nesse produto parece se manter em constante crescente desde 2012:

https://cdn.shopify.com/s/files/1/0788/9687/files/trends_1_large.png?format=webp&v=1514977181

Além do interesse explicito dos consumidores por sabonetes produzidos com ingredientes naturais e de maneira artesanal, vale lembrar que a indústria de cosméticos é um prato cheio para empreendedores que desejam começar uma nova loja ou empresa.

Para quem não sabe, o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de produtos de beleza, ficando atrás apenas da China e dos Estados Unidos.

O que torna o sabonete artesanal um produto tão viável para pequenos empreendedores é o seu custo de fabricação, tão baixo que pode ser feito num cantinho da sua casa.

Antes de ter sucesso vendendo sabonetes, você deve se tornar um especialista na fabricação deles e refinar as técnicas e fórmulas que deseja usar.  

Seguem mais algumas vantagens de fabricar sabonetes:

  • Há propriedades terapêuticas;
  • Fazem uma hidratação natural da pele;
  • Não agridem tanto a pele e ainda ajudam em relação a queimaduras e alergias a sulfatos;
  • Ajuda na cicatrização;
  • São ricos em glicerina, por isso protegem e nutrem a pele;
  • Podem ser usados nos animais de estimação ou em crianças e idosos sem contraindicações;
  • Têm propriedades variáveis, dependendo dos óleos e extratos usados em sua confecção.

Usar um sabonete artesanal é sinônimo de ter a pele tratada, hidratada e perfumada após o banho. Além de ter um produto bonito, cheiroso e personalizado no banheiro. Ele pode ser em barra, líquido ou em pasta.

TRABALHAR EM CASA COM SABONETES

A saboaria começa na vida das pessoas, geralmente da mesma forma, como um hobby. O que geralmente começa como um empreendimento paralelo para realização pessoal ou para atender a necessidades específicas do indivíduo ou da família, se transforma em uma empresa que pode ocupar você em período parcial ou integral.

  • Vamos te fazer algumas perguntas, veja se você se enquadra:
  • Cansou de trabalhar fora de casa?
  • Cansou da rotina monótona dentro de uma empresa?
  • Cansou de cumprir horário fixo?
  • Não está feliz no seu trabalho?

Então você está o caminho certo!

Nós vamos te mostrar que trabalhar no seu negócio em casa pode também torná-lo um empreendedor e/ou empreendedora  de sucesso.

A fabricação de sabão artesanal se encaixa perfeitamente nesse padrão de desenvolvimento.

A questão é: existe um mercado grande o suficiente para o sabão que você faz em casa em grandes quantidades?

 A resposta, é claro, dependerá da sua localização, do apelo e da qualidade do seu produto e de outros fatores.

O certo é que existem inúmeras maneiras de tornar o sabonete artesanal um item comercializável – esse é um produto bastante flexível. Pode ser facilmente adaptado para atender a determinadas necessidades ou desejos do consumidor.